jon-tyson-y2TYvWAxDwg-unsplash

Pós-Graduação e Pesquisa

Mestrado

Estrutura curricular

A matriz curricular está organizada em 3 níveis interconectados: 1) disciplinas obrigatórias de curso; 2) disciplinas optativas de fundamentação teórica; 3) disciplinas eletivas livres (vinculadas às linhas de pesquisa, aos grupos de pesquisa e aos projetos de pesquisa dos docentes). Intrinsecamente articulado às linhas de pesquisa, o currículo oferece uma base de conhecimentos que subsidia a análise da situação atual da educação brasileira, sua organização, institucionalização, estrutura, problemas e desafios; fundamenta a formação para a pesquisa empírica, incluindo o domínio de métodos de produção e de análise de dados; subsidia a apropriação dos referenciais teórico-metodológicos da pesquisa e o aprofundamento de conhecimentos produzidos em diferentes campos de estudo.

Essa matriz curricular busca construir um percurso de expansão inicial do olhar dos pós-graduandos, tirando, temporariamente, o foco de seus recortes de pesquisa, para que possam compreender a dimensão e a complexidade dos desafios impostos à educação pública brasileira, em um contexto de tantas e tão profundas desigualdades sociais. Essa expansão do olhar está presente, também, nas disciplinas de pesquisa que têm como principal objetivo promover o conhecimento dos pressupostos filosóficos epistemológicos da pesquisa científica e propiciar a análise das vantagens, alcances e limitações dos diferentes métodos e procedimentos de investigação em ciências humanas e sociais, evitando monismos metodológicos e assegurando a adequada relação objeto/método.


Requisitos para obtenção do título de Mestre

Obter um mínimo de 24 créditos, assim distribuídos:

  • 03 créditos em Educação Brasileira;
  • 06 créditos em Pesquisa Educacional I e II;
  • 03 créditos em grupo de pesquisa, a serem cursados obrigatoriamente em 02 semestres, com 01 cr. e 02 cr., respectivamente.
  • 06 créditos em disciplinas de fundamentação, à escolha do mestrando;
  • 06 créditos em disciplinas eletivas, sendo pelo menos uma fora da área de Educação, a critério da Comissão de Pós-Graduação, com prévio parecer do Professor Orientador;
  • O mestrando deverá ser aprovado em exame de língua estrangeira (inglês ou francês);
  • O mestrando deverá apresentar, defender e ser aprovado em Dissertação de Mestrado (EDU 3000).

Matriz curricular 

CódigoTítulo
OBRIGATÓRIAS
EDU 2501/2502Educação Brasileira
EDU 2503Pesquisa Educacional I
EDU 2504Pesquisa Educacional II
FUNDAMENTAÇÃO
EDU 2511 / 2512História da Educação Brasileira
EDU 2513 / 2514Filosofia da Educação I
EDU 2515 / 2516Filosofia da Educação II
EDU 2517 / 2518Psicologia da Educação I
EDU 2519 / 2520Psicologia da Educação II
EDU 2521 / 2522Sociologia da Educação I
EDU 2523 / 2524Sociologia da Educação II
EDU 2525 / 2526Antropologia e Educação
EDU 2527 / 2528Política da Educação Brasileira
EDU 2529 / 2530Política e Educação
EDU 2531 / 2532Questões Atuais da Didática

São eletivas todas as demais disciplinas oferecidas pelo Departamento, com exceção das de participação em grupos de pesquisa; as disciplinas eletivas respondem tanto a exigências nucleadoras dos eixos temáticos, como a necessidades emergentes das pesquisas em desenvolvimento no Programa. As disciplinas eletivas, nos últimos semestres, têm discutido: Currículo (Estudos e Perspectivas); Cotidiano Escolar e Culturas; Revisão Teórico-Prática de Pesquisas Quantitativas Correntes; Magistério (Cultura e História); A Indústria Cultural e Educação; Leitura, Escrita e Cultura; Concepções sobre Infância e Educação; Teorias recentes da cognição; Educação e Estética; Temas Críticos de Educação e Tecnologia etc.

A combinação de temáticas emergentes com a revisão periódica das bibliografias assegura a atualização, a inovação e a progressiva internacionalização da grade curricular do programa. As bibliografias, em particular, integram cada vez mais recursos de diversas naturezas, como textos clássicos da área, artigos recentes publicados em periódicos internacionais (em diferentes idiomas), recursos multimidiáticos (como vídeos, infográficos, plataformas de atividades colaborativas, fóruns de debates online, palestras ao vivo e/ou gravadas de docentes de outros Programas e de outros países), bem como a produção do próprio programa, como estudos e publicações de abrangência nacional (por exemplo, nas áreas de Políticas e Didática) e internacional (por exemplo, nas áreas de Tecnologias e de Diferenças Culturais).

pt_BR