Grupos de Pesquisa

Argonautas – Rede de Pesquisa em Antropologia e Educação

A Rede Argonautas de pesquisadores em Antropologia e Educação resulta dos esforços de antropólogos do Brasil e de outros países que buscam construir a Antropologia e a Educação como campos de conhecimento em diálogo no mundo em termos de campos propositivos, compreensivos e críticos. Objetiva estabelecer trocas acadêmicas entre pesquisadores, bem como agregar resultados de pesquisas, divulgar publicações sobre o tema e indicar links, entre outros As relações entre Antropologia e Educação têm uma longa e nobre história a começar pela obra de Émile Durkheim e de outros autores consagrados como Marcel Mauss e Margareth Mead. Desse percurso emerge a educação como prática cultural da vida em sociedade. Fato que, imediatamente, ressalta o caráter historicamente construído dessa prática. O que implica reconhecer que a educação como um fenômeno da cultura conduz ao estudo das inter-relações da vida social e de seus significados.


DEdTec – Grupo de Pesquisas Discursos da Educação e Tecnologia

The DEdTec is the newest research group to be formed in the line of research into Digital Languages, Technologies and Education, of the Department of Education of PUC-RioEstablished in August 2018, the group is committed to exploring themes related to the field of ​​Education and Technology from discursive-critical perspectives. Against the hegemonic discourses in the area, which defend the inevitability of digital technologies in education and their ‘neutrality’, naturalizing them and promoting polarised views of the relationship between education and technology, the group questions these premises and positions, having the general objective to critically discuss the implications, for the theorization and practices of education, of artifacts, especially digital ones, always addressed in a contextualized way within socio-cultural and historical particularities. Current projects of DEdTec explore themes such as Big Data and Artificial Intelligence in education, metaphors of EdTech and the use of dystopian fiction as a training resource. The group receives financial support from Faperj (APQ1 2019 and IC 2019) and PUC-Rio.


Diversias – Grupo de Estudos em Educação, Diversidade e Controvérsias​

Diversias aims to research the teaching of controversial topics in education at its different levels, locations and with the actors involved. The teaching of controversies is pointed out by many authors as fundamental for promoting reflection on the students' daily lives, expand their worldview, recognize differences, overcome prejudices and contribute to the construction of democracy. Thus, our research projects are dedicated to investigating topics such as religion, gender, school conflicts, ethnic-racial relations and conservatism, both in school contexts and in public educational policies. Diversias’ research is sponsored by FAPERJ (the Rio de Janeiro State Research Foundation) (The Rio de Janeiro State Research Foundation) (ARC-2019) and PUC-Rio.


Education, history and communication

This group supports proposals that investigate the history of education through radio, cinema and television throughout the twentieth century in Brazil. The group carries out theoretical-methodological studies and empirical projects that are developed at the levels of Research Mentorship, Master's Degree and Doctoral Degree. The work developed in the group aims at organizing a database, preparing monographs, dissertations and theses, as well as articles in specialized journals, chapters and books.


Estetipop – laboratório de pesquisa antropológica em estéticas, aprendizagens e cultura pop/popular​

O Estetipop – laboratório de pesquisa antropológica em estéticas, aprendizagens e cultura pop – investiga na interface entre antropologia, arte e educação, com ênfase na dimensão sensível e sensorial da vida social. Nos orientando por dois marcadores de diferença fundamentais – gênero e raça – interessam-nos a corporalidade, os sentidos, as materialidades, as sonoridades, as visualidades envolvidos em aprendizagens não escolares ou na escola, aqui tomada como amplo espaço de sociabilidade dos sujeitos.  Nossas pesquisas visam contribuir, de um lado, para a Antropologia da Educação e os diferentes modos de conhecer e de aprendizagem e, de outro lado, para o campo de estudos das Estéticas Corporais e das Formas Agentivas. Nos próximos anos estamos envolvidos em diferentes projetos de pesquisa, apoiados por diferentes agências de fomento. Até 2024 estaremos engajados na pesquisa Tornar-se artista: arte, antropologia e educação, apoiada por bolsa Jovem Cientista do Nosso Estado, da FAPERJ (the Rio de Janeiro State Research Foundation), tendo por objetivo investigar a formação, as aprendizagens e as estratégias do artista não hegemônico junto a processos de subjetivação juvenis. A pesquisa possui cunho fortemente etnográfico e está sendo conduzida tanto na Rocinha como em circuito formado por escolas municipais de Segundo Segmento e o fluxo dos jovens pelo espaço público. Em 2022 concluiremos dois projetos: Por uma antropologia na escola, apoiado pela FAPERJ (the Rio de Janeiro State Research Foundation) and PUC-Rio, e O mapa do funk na Rocinha, apoiado pelo IEAHu/PUC-Rio. O grupo mantém uma página no Instagram, onde registra e divulga suas atividades e em breve terá seu próprio site em atividade. Nossos interesses de pesquisa incluem estéticas e artes periféricas; subjetivação artística, juventude, escola e aprendizagens não escolares; corporalidade, gênero e relações raciais; consumo, moda, música e visualidade; educação antirracista e para as relações étnico-raciais.


GECEC – Grupo de Estudos Sobre o Cotidiano, Educação e Cultura(s)​

Tem como finalidade o desenvolvimento de estudos e pesquisas de caráter interdisciplinar, privilegiando como temática central as relações entre educação e cultura(s) em diferentes espaços educativos e as interrelações entre (de)colonialidade, interculturalidade e educação. Nossa busca tem sido promover uma educação que contribua para o reconhecimento de que, diferentes e iguais, todos os seres humanos têm o direito a realizar seus sonhos e aspirações e a lutar contra todas as formas de marginalização, inferiorização e discriminação. O GECEC tem realizado diferentes pesquisas com o apoio do CNPq, assim como promovido seminários, encontros, palestras, mesas redondas, cursos, assim como organizado diversas publicações. Vinculado ao Departamento de Educação da PUC-Rio PUC-Rio 


GEFOCC – Grupo de Estudo Formação de Professores, Curriculo e Cotidiano Escolar

The Teacher Training, Curriculum and School Life Study Group, GEFOCC, has been operating in the Graduate Program at PUC-Rio since 2007 under the coordination of Professor Maria Inês Marcondes. As part of the research line Teaching Work, Curriculum, Learning and Pedagogical Practices, it specializes in theoretical studies and qualitative research in the areas of Teacher Education, Curriculum and School Life.


GEPEMCI – Educação, Museus, Cultura e Infância

The main objective of the research group on Education, Museum, Culture and Childhood (GEPEMCIis to investigate issues related to museum spaces and their educational strategies for the general public, and more specifically for children from zero to six years of age. GEPEMCI promotes discussions in the field of education on different cultural processes and instances of socialization based on three lines of research: Culture and Childhood, Education in Museums and Museums as Training Spaces.
The group has an Instagram profile: @gepemci.


GEPFE – Grupo de Pesquisa em Filosofia e Educação

We are a group of students and researchers currently interested in the human mind, cognition and learning, working to understand those conceptions from the perspective of the philosophy of education. We seek to understand the Philosophy of Mind and cognition and its intersections with neuroscience, pedagogy, psychology and communication, among other disciplines. Our main objective is to outline possibilities for education that take cognitive science into account in its new forms, which, while going beyond the brain, encompass body, environment and technologies. Other research within the philosophy of education is also conducted by the group.


GESQ – Gestão e Qualidade da Educação

Vice-líder: Ana Cristina Prado de Oliveira (UNIRIO)

Fundado pela Professora Dra. Cynthia Paes de Carvalho em 2010, o grupo de pesquisa GESQ – Gestão e Qualidade da Educação conta com a participação de alunos da pós-graduação em Educação, estudantes de graduação (IC). Estudamos a gestão nas redes públicas de ensino, buscando analisar os fatores que contribuem para a melhoria da qualidade da educação. Nosso foco são as relações entre a gestão escolar e o desempenho de seus alunos com ênfase na liderança do(a) diretor(a) e sua equipe, bem como nas relações desta com o corpo docente, discente e as famílias. Realizamos ainda pesquisas também sobre gestão e implementação de políticas educacionais, articulando com a questão da gestão escolar e educacional comprometida com a qualidade e a equidade em diferentes contextos organizacionais e redes de ensino. Com um fluxo permanente de desenvolvimento de pesquisas temos apresentado resultados em diversos congressos nacionais (como, ANPAE e ANPED) e internacionais (UCEA, BELMAS, AERA e EERA) e publicado artigos acadêmicos em revistas qualificadas e coletâneas com resultados de pesquisa. Trabalhamos numa abordagem metodológica mista, articulando estudos quantitativos (SAEB/Prova Brasil, Censo Escolar, PISA, etc.) e qualitativos (estudos de caso em escolas e redes de ensino). Temos também desenvolvido nossos próprios instrumentos de pesquisa, investigando tanto a questão da liderança do/a diretor/a e do clima escolar, como a gestão das redes de ensino, especialmente no Estado do Rio de Janeiro. Desenvolvemos, ainda, atividades de extensão voltadas para a formação de professores e gestores. Além do permanente apoio da CAPES/PROEX através do PPGE, entre 2017 e 2020 contamos com apoio do CNPQ (bolsa PQ2) e de 2018 até os dias atuais contamos com o apoio da FAPERJ (Edital CNE).


GLYK – Grupe Lebn far Yiddish/ Grupo Viver com Yiddish – Estudos de Yiddish e Cultura Judaica

Suas ações são voltadas para a: (3) pesquisa “Ensinar e Aprender A língua Yiddish como resistência e experiência identitária”, que tem o objetivo de conhecer e compreender as histórias e práticas e falantes da língua Yiddish na cidade do Rio de Janeiro; (2) formação cultural de jovens professores/as; (3) oficinas para crianças com vivências de cultura Yiddish em escolas (música, histórias e literatura); ; (4) Cursos de Yiddish na PUC-Rio . O objetivo é trabalhar com a riqueza da produção cultural em Yiddish, em particular com a língua, a literatura e a música Yiddish; colaborar com a educação formal e não formal de crianças e jovens. Estudar e reconquistar a língua Yiddish, garantir acesso de crianças e jovens ao conhecimento e ao reconhecimento da sua riqueza: aqui residem o compromisso e a responsabilidade deste projeto.


GRUDHE – Grupo de Pesquisa Desenvolvimento Humano e Educação​

The main focus of Grudhe is research in the area of ​​Language acquisition and Cognition. The themes already worked on by the group include reading and writing in elementary school and higher education; the touch screen technology revolution in childhood; the development of language and notions of time, learning and motivation in higher education, among others. The group is characterized by the participation of undergraduate and graduate students in research activities, acting in all stages: planning, execution, data analysis, joint elaboration of articles, congress presentations, and other publications.


GRUPEM – Grupo de Pesquisa em Educação e Multimídia

Since 2001, the group has developed research in partnership with other Brazilian institutions (The State University of Southwestern BahiaThe Federal University of Mato Grosso do SulThe State University of ParáThe Federal Rural University of Rio de JaneiroThe National School of Public HealthThe Fernandes Figueira InstituteThe Desiderata InstituteThe Municipal Department of Education of Rio de JaneiroThe Federal University of Rio de Janeiro State) and foreign institutions (The University of Alcalá de HenaresUniversity of Minho). The group belongs to the international community of researchers linked to the Children, Youth and Media Working Group of the European Communication Research and Education Association. It is also integrated into the Kino Network – Latin American Education, Film and Audiovisual Network, and Researchers Network in Education and Media. Since 2009 it has been a member of the Organizing Committee of the Education and Media Research Colloquium, a biannual scientific event that gathers researchers to discuss their results. The group also develops continuing education activities for public school teachers and offers extension courses.


HISPROF – História da Profissão Docente e das Disciplinas Escolares

HISPROF investigates the constitution of identities and professional trajectories of teachers in specific institutions and within different time frames. Currently, the Group is conducting research on the teaching staff of Colégio Pedro II in the period between the Estado Novo and the 1964 coup. Other research on the History of School Disciplines and the History of Educational Institutions is also developed by the Group.


INFOC – Grupo de Pesquisa Infância, Formação e Cultura

The theoretical bases for the study of childhood, children and education are formulated by the group from an interdisciplinary perspective based on language studies and cultural studies, especially the work of Benjamin, Bakhtin, Vigotski and Buber. This study, together with the contributions of childhood anthropology and sociology, favor a dense, sensitive and ethical approach to understanding children, youth and adults in the contemporary world.


Jovens em Rede

O Diretório de Pesquisa JER, Jovens em Rede, do Departamento de Educação da PUC-Rio e certificado pelo CNPq, abarca um conjunto de pesquisas que têm como temática os “Jovens e o Conhecimento na Era Digital” . É coordenado pela Professora Emérita Maria Apparecida C Mamede-Neves. A repercussão de suas investigações, nesses mais de 25 anos de trabalho investigativo ininterruptos, se traduz pelas diversas parcerias internacionais que teve, quais sejam, com a Universitàt del Sacro Cuore de MIlano Itália, com o pesquisador Fernando Vidal na época pesquisador no Instituto Max Planck, Berlin, Alemanha , com a epistemóloga Sara Paín da Universidade de Sorbonne, Paris, França e UNICEF. Há mais de quatro anos atrás se filiou ao The Nordic Information Centre for Media and Communication Research (NORDICOM),uma cooperação entre os cinco países da Região Nórdica – Dinamarca, Finlândia, Islândia, Noruega e Suécia. Em 2015, este Diretório ampliou seu tema de investigação,  avaliando a importância dos jogos de tabuleiro ou digitais na construção de competências cognitivas essenciais à construção do saber escolar, dentro das camadas populares. Há mais de 10 anos tem contado com parcerias tais como do Departamento de Comunicação,  EJA, NEAM e Laboratório Interdisciplinar Design e Educação (LIDE) do Departamento de Arte & Design, todos pertencentes à PUC-Rio, além do Programa de Pós-Graduação em Educação da UNESA e do Grupo de Pesquisa LUPEIA da Faculdade de Educação da UFRJ.


LAEd – Laboratório de Avaliação da Educação

The The Education Evaluation Laboratory (LAEd) foi fundado em 1997 e desde então vem realizando estudos na área de avaliação de políticas educacionais, sistemas de ensino e escolas e seus efeitos na eficácia e na equidade escolar. Os projetos desenvolvidos institucionalmente pelo LAEd recebem financiamento de agências de fomento (CNPq; CAPES (The National Council for Professional Development in Higher Education) and FAPERJ (the Rio de Janeiro State Research Foundation)) and articulate individual research projects within the scope of the production of doctoral theses, master's dissertations and Research Mentorship experiences. LAEd maintains academic and research links with researchers from UFJF (The Federal University of Juiz de Fora) and UFMG (The Federal University of Minas Gerais) ], dentro do histórico de colaboração em pesquisa que começou a ser desenvolvido em 2004 com o GERES Project - Longitudinal Study of School Generation 2005, which investigated factors of effectiveness and equity in 303 schools and five Brazilian cities between 2005 and 2008. Since 2018, LAEd member coordinators have participated in an international research network that investigates the themes of inequality, discrimination and prejudice in education and includes researchers from Argentina, Chile and France in the scope of the CAPES Print Project.


Profex – Grupo de pesquisa sobre a profissão, formação e exercício docente

PROFEX develops and supports research on the teacher and his or her practice in the daily life of schools. It is part of the Research Line Teaching Work, Curriculum, Learning and Pedagogical Practices. Recent studies have highlighted the themes of professional development, teacher knowledge and good pedagogical practices, in addition to the themes of youth cultures, high school and the meaning of school. The research entitled “Teaching in high school: the centrality of the teacher's role in working with young people from the periphery”, desenvolvida pela professora Silvana Mesquita, foi responsável pela origem do grupo e recebeu o Prêmio CAPES de Teses 2017 na área de Educação. The group is currently carrying out a research project entitled “The teacher education game: Tensions between teaching practices, training institutions and guiding policies”, which aims to identify the “place” of didactic-pedagogical knowledge in the education and performance of high school teachers. PROFEX's principle is to value the role of teachers and students in research, in addition to the school space as a place of investigation, aiming to contribute to understanding and improving the process of teaching and learning.


en_US